Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




mv.PNG

 

Estás a defender um livro na campanha eleitoral de «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes»? Gostavas de conhecer as histórias que entram nestas eleições? Consulta aqui a grelha dos tempos de antena que a Rádio Miúdos começa a transmitir terça-feira, 19, e ficarás a saber o que miúdos como tu pensam!

 

A partir de 19 de fevereiro, a Rádio Miúdos (uma rádio online, que podes ouvir em radiomiudos.pt, vai transmitir os tempos de antena de «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?»

 

Vão ser transmitidos às 9h45, 13h45 e 20h15, de segunda a sexta-feira, podendo assim ser ouvidos na sala de aula. Serão repetidos aos fins-de-semana, às 6 da tarde, em compacto. A transmissão será suspensa durante os 3 dias das férias de Carnaval, e terminará a 13 de março.

 

Os tempos de antena são o espaço a que os partidos, durante uma campanha eleitoral, têm direito na rádio e na televisão para transmitirem as suas ideias. Para que umas eleições sejam justas e democráticas, todos os partidos têm de dispôr do mesmo tempo. É o que aconterá também em «Miúdos a Votos»: nenhum tempo de antena terá mais de um minuto e meio.

 

Como recebemos dezenas de podcasts, e não apenas aqueles que vão ser transmitidos como tempo de antena, todos os dias poderás encontrar no sítio da VISÃO Júnior todos os trabalhos referentes aos livros que estão em campanha nesse dia na Rádio Miúdos.

 

Livros nomeados para o 1.º ciclo (por ordem alfabética)

Referência: Como foram escolhidos os livros que vão a votos. (2019). Jornal visao. Retrieved 19 February 2019, from http://visao.sapo.pt/visaojunior/miudos-a-votos/2018-12-05-Como-foram-escolhidos-os-livros-que-vao-a-votos

 

Conteúdo relacionado:

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor