Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cinema1-1762.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se há escolas que se notabilizam pelo seu desempenho nas Ciências, e outras que sobressaem pela aposta na área das Humanidades, esta será sempre aquela de onde saiu o filme “Regina”, e que criou, para o público escolar, com algum pioneirismo, o 100Cenas, festival de cinema e multimédia. Em 30 anos, sem guião muito definido, um pouco ao sabor do entusiasmo e interesse de alunos e professores, a Escola Secundária de Castro Verde criou e consolidou uma marca. E o reconhecimento, até mesmo fora de portas, é tal que, quando começou a ser implementando o Plano Nacional de Cinema (PNC), em 2012, um programa governamental de literacia para o cinema e de divulgação de obras cinematográficas nacionais junto do público escolar, este foi um dos primeiros estabelecimentos a receber o convite para integrar o projeto. “Há uma identidade, uma cultura de escola muito ligada ao cinema e aos audiovisuais”, reconhece Lucinda Simões, professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas de Castro Verde. (...)

 

 

in Diário do Alentejo

Texto: Carla Ferreira - Fotos: José Ferrolho

Ler mais >>

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor