Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue RBE

Qua | 25.08.21

Para todos os tamanhos! Mudança: proposta pedagógica com recurso a livros-álbum

2021-04-07 dandelion-2817950_1280.jpg

Imagem de Monsterkoi por Pixabay 

Todo o mundo é composto de mudança, tomando sempre novas qualidades, disse-nos o poeta Luís de Camões, na senda do pensamento de Heraclito, filósofo da antiguidade grega que chamou “devir” à constante mudança do mundo. Ao longo da nossa existência, passamos por mudanças. Inconscientes ou voluntárias. Intrínsecas, reguladas pela fisiologia que nos faz crescer e envelhecer. Exteriores como a que nos é imposta por uma pandemia que transformou radicalmente o modo como funcionamos em sociedade.

Do ponto de vista individual, vão-se clarificando os mecanismos mentais desencadeados pelas alterações da vida familiar (chegadas e crescimento, ruturas e perdas), contudo ainda estão por compreender as mudanças que o uso e exposição à tecnologia traz ao desenvolvimento do cérebro, nomeadamente em idades precoces.

De uma perspetiva coletiva, ouvimos dizer tantas vezes que as coisas não estão bem, a escola, a sociedade, … que é preciso mudar. Sim, é verdade; desde que não tenhamos que ser nós protagonistas dessa mudança, muito menos os seus agentes. Os que pedem a mudança são muitas vezes os que lhe resistem. Porque mudar é difícil, sugere uma falta de controlo e de previsão sobre a realidade que nos retira segurança e conforto.

E o que queremos mudar? A nossa vida, o meio que nos envolve, a nossa comunidade? Mudar é tantas coisas. Primeiro é preciso tomar a decisão. De mudar de alimentação, de hábitos, de forma de se relacionar, de atitude para com o planeta… De ir, de despedir-se, de (re)encontrar-se, consigo e com os outros. Mudar é recordar e é projetar o futuro. Envolve risco mas convoca o prazer de novos desafios.

A leitura mediada de livros álbum é uma oportunidade para criar um espaço/ tempo para pensar em conjunto e partilhar ideias, experiências e emoções. Sugere-se um conjunto de álbuns que abordam diferentes situações de mudança, forçada ou desejada. Podem ser utilizados individualmente ou como um conjunto que apresenta a temática sob diferentes perspetivas, fomentando o pensamento crítico e o debate entre pares. As suas características textuais e gráficas permitem abordar esta questão com alunos de diferentes faixas etárias.

 

O Coala Que Foi Capaz, de Rachel Bright e Jim Field, Editoral Presença

image-1_0fac3da5-6fe8-48db-817c-f1b9d1eac735_1024x

«O Kevin é um coala que gosta de manter tudo na mesma, exatamente na mesma. Mas quando um dia a mudança surge sem ser convidada, o Kevin descobre que a vida pode estar cheia de novidades e ser maravilhosa! Dos criadores de O Leão Que Temos Cá Dentro, esta é uma história bem engraçada para quem acha que a mudança é um bocadinho preocupante.» (resenha da editora)

 

O Que Aconteceu à Minha Irmã?, de Simona Ciraolo, Orfeu Negro

oqueaconteceuaminhairma_CPweb_grande.jpeg

«Esta é a história ternurenta de uma menina que, muito intrigada com a irmã adolescente, tenta desvendar a todo o custo este grande mistério. Quem é esta nova irmã? Porque já não quer brincar aos mesmos jogos e anda aos segredinhos pela casa? Um livro sobre o crescimento e a mudança de atitude entre duas irmãs, repleto de humor e de irreverência.» (resenha da editora)

 

A Menina com os Olhos Ocupados, de André Carrilho, Bertrand

502x.jpeg

«A menina com os olhos ocupados não vê a carrinha dos gelados, os cãezitos com que se cruza na rua, os amigos. Nem sequer vê girafas, golfinhos, piratas, discos-voadores e montanhas-russas. Até que um dia o telemóvel parte-se, ela levanta a cabeça e… descobre o mundo que tem estado à sua espera!» (resenha da editora)

 

O Que Vamos Construir, Oliver Jeffers, Orfeu Negro

o_que_vamos_construir-capa-baixa_1024x1024.jpeg

«Uma novidade do premiado ilustrador Oliver Jeffers para enternecer e maravilhar leitores de todas as idades. Os tempos podem ser incertos e até intimidantes, mas o futuro está por construir e de mãos dadas reunimos as ferramentas necessárias: amor, imaginação, coragem e um pouco de magia.» (resenha da editora)

 

Pistas para discussão:

Haverá mudanças boas e mudanças más?

Como podemos saber se é necessária uma mudança?

Como lidamos com a mudança?

É possível mudarmos a forma como pensamos?

Faz sentido tentar mudar o mundo?

Os nossos pontos de vista sobre a realidade mudam a realidade?

Uma criança pode mudar alguma coisa?

 

Republicação: 1.ª publicação em 2021-04-07

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.