Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foto grupo.jpg

 

A Biblioteca Municipal da Lourinhã foi o local escolhido para assinar o protocolo de cooperação entre o Município da Lourinhã e os dois agrupamentos de escolas do concelho, marcando assim a criação da Rede de Bibliotecas da Lourinhã e o lançamento do respetivo catálogo concelhio e portal digital.


A cerimónia aconteceu dia 5 de fevereiro e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte de Carvalho, que deu início à sessão destacando o empenho da autarquia “em criar novas respostas e promover a literacia através da promoção do livro e da leitura”. No discurso de abertura, o autarca relembrou ainda algumas das iniciativas e projetos implementados no concelho, como a Biblioteca de Praia, o Festival Literário Livros a Oeste, o investimento constante em novas obras para a Biblioteca Municipal e muito mais.

João Duarte de Carvalho deixou ainda um agradecimento a todas as entidades presentes, entre elas a Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, representada por Silvestre Lacerda, que interveio dando a conhecer alguns pormenores relevantes, como o facto do concelho da Lourinhã ser o que mais investiu em novos livros na Região Oeste nos últimos anos, aproximando-se daqueles que mais investimento têm feito a nível nacional.

“Queria salientar o trabalho desenvolvido na Lourinhã e este trabalho em rede, que é necessário desenvolver nos municípios, nas comunidades intermunicipais e nas redes nacionais de bibliotecas escolares. Esta perspetiva de trabalho em rede, em que cada um sai da sua zona de conforto, é significativo para o utilizador e temos a partir de hoje um belo exemplo na Lourinhã. Desafio ainda a comunidade intermunicipal a beneficiar desta iniciativa e de outras, como o Festival Literário Livros a Oeste, e assumir isto como um trabalho intermunicipal e um exemplo do que pode ser feito com a partilha de recursos”, concluiu o responsável.

A Coordenadora Nacional do Programa da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Silva, também marcou presença, deixando rasgados elogios ao projeto Rede de Bibliotecas da Lourinhã.

“Só em conjunto é que podemos lutar por esta ideia de que a leitura é fundamental. Espero que esta rede se consolide, se estruture e convirja na agilização dos trabalhos, tornando-se sustentável”, realçou.

A apresentação do catálogo concelhio e do portal ficou a cargo da Coordenadora interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, Rute Nunes, que agradeceu o empenho do Município neste projeto através da disponibilização de meios para que fosse possível concretizá-lo. A responsável enalteceu ainda o trabalho dos vários técnicos municipais envolvidos.

A plataforma está disponível em http://rb.cm-lourinha.pt, permitindo a todos os cidadãos a consulta do catálogo concelhio, que engloba os livros disponíveis em todas as bibliotecas escolares do concelho, Biblioteca Municipal e ainda no Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro. 

“É uma plataforma viva e aberta a todas as bibliotecas do concelho. Os parceiros podem aumentar se formos abordados por bibliotecas de associações ou de outro âmbito e que tenham tratamento documental. Este portal vai ainda permitir uma forte rentabilização de recursos nas escolas”, realçou Rute Nunes.

O portal da Rede de Bibliotecas da Lourinhã vai transformar-se assim numa ferramenta de trabalho para todos os professores e alunos do concelho e pretende-se que a sua utilidade seja alargada a toda a população.

Ao longo da cerimónia foi ainda apresentado o logótipo oficial, que resultou de um concurso lançado em 2018 e que premiou a dupla de trabalho formada por Helena Garcia, mestre em Publicidade e Marketing, e Catarina Boavida, mestre em Design de Comunicação. O logotipo é inspirado numa pegada de dinossauro e no livro e apresenta-se como o formato de pegada com um livro aberto na parte inferior e três na parte superior. 

A cerimónia contou ainda com a intervenção e presença de alguns alunos do concelho, com o momento da abertura a ser ocupado por uma leitura expressiva por parte de um aluno do Agrupamento de Escolas da Lourinhã, que realizou uma leitura expressiva de um excerto da obra “A Biblioteca”, de Umberto Eco, e a ser finalizada com um momento musical protagonizado por alunos do Ensino Articulado de Música do Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente. 

O protocolo foi assinado pelo presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte de Carvalho, pelo Diretor do Agrupamento de Escola da Lourinhã, Bruno Santos e pelo Diretor do Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente, Pedro Damião.

A cerimónia terminou com um lanche servido por alunos do curso de Pastelaria/Panificação do Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente e do curso técnico de Restauração – variante restaurante/bar – do Agrupamento de Escolas da Lourinhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor