Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leituras

04.01.10

Uma prenda fabulosa: O Livro negro das Cores, Bruaá Editora.
Com um livro como este tudo parece adquirir um sentido… diferente. E a diferença torna-se verdadeiramente… indiferente. A expressão «livro negro» perde o seu sentido original e passa a significar uma cor que não é, nem melhor, nem pior – é… diferente, ou seja, alternativa.
E é, afinal, a diferença que torna possível a escolha e que permite encontrar novos sentidos em cada combinação de qualquer conjunto, mais ou menos numeroso, de sentidos. Todas as combinações emprestam à diferença um valor único – o valor da igualdade da importância de todas as leituras possíveis de um mundo composto por múltiplos mundos – os nossos mundos todos.
Blogue Bruáa Editora >>
Exposição no Children's Museum of de Arts, Nova Iorque >>


Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor