Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]























Sobre a questão computadores versus livros, ninguém melhor do que o fundador da Microsoft, para afirmar que os primeiros não substituem os segundos.
É de Bill Gates esta frase que o Público divulgou há dias: “É claro que os meus filhos terão computadores, mas antes terão livros”.
O livro continua a fonte de uma aprendizagem primordial, condição do próprio uso eficaz e didáctico das tecnologias: a leitura.
Photo by Domain Barnyard.
Licensed under Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:


1 comentário

Sem imagem de perfil

De maria josé vitorino a 23.12.2008 às 23:20

Caso para dizer - os filhos dele sim. E os dos outros? De todos os outros...
Entre distribuições avulsas e escolhos vários ao verdadeiro acesso a bens culturais, livros e biblioetcas incluídos, a gente lembra-se de comentar assim

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor