Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue RBE

Ter | 13.09.22

Bom ano!

2022.09.13_P.png

Leitura 2 min | 

Estimados/as Professores/as bibliotecários,

No arranque de um novo ano letivo, a Rede de Bibliotecas Escolares reitera a sua disponibilidade e vontade de participar com energia na transformação da educação, contribuindo para uma escola regenerada em que todos os intervenientes, sobretudo os principais, os alunos, tenham voz. Renova-se a nossa convicção de que somos agentes de transformação e de melhoria da escola num tempo de complexidade e de grandes desafios. O título do Quadro Estratégico RBE 21.27, Bibliotecas escolares: presentes para o futuro, traduz a crença no papel de aliada que a biblioteca tem no codesenhar de programas que continuem a promover, junto dos estudantes, o gosto por aprender ao mesmo tempo que estimulam a sua curiosidade, criatividade e capacidade de intervenção.

Sabemos que em cada biblioteca escolar, o seu responsável, continuará a nortear a ação, num trabalho de permanente articulação com os diferentes agentes da comunidade educativa, alinhado com as orientações do Ministério da Educação/da Rede de Bibliotecas Escolares e sem perder de vista, naturalmente, a realidade do seu território. Determinação e esperança, suportadas num trabalho em Rede, são condições essenciais para se continuar a capacitar todas as crianças e jovens, com competências de leitura e de escrita, indispensáveis ao desenvolvimento de múltiplas literacias, alicerces que favorecem a participação de todos, tornando-os mais capazes para uma sociedade que alguns já identificam como do “desconhecimento”.

É sabido que nos concelhos/ nos agrupamentos/ nas escolas, os/as Professores/as Bibliotecários/as, articulam, colaboram, dialogam, coconstroem perseguindo os princípios que têm sustentado e robustecido esta Rede.  

Por isso, nos próximos tempos, estou certa poder continuar a contar com o vosso habitual empenho, esforço, disponibilidade e saber. 

Da minha parte, estou consciente da responsabilidade, também das dificuldades e das exigências que temos pela frente, sabendo que, só numa ação conjunta e concertada, será possível antecipar e encontrar as respostas mais adequadas que viabilizem a concretização dos princípios constantes no Quadro estratégico RBE 21.27, que nos orientam.

Porque nada se faz a partir do vazio e porque já existe um presente resultado de 27 anos de vida da Rede de Bibliotecas Escolares termino, relembrando os fundamentos que suportam a nossa intervenção em 22.23: Incluir, Recuperar & Inovar!

Um bom ano para todos/as.

Manuela Pargana Silva,

Coordenadora Nacional

da Rede de Bibliotecas Escolares

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.