Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Logotipo_IASL-150x150.jpg

No mês de outubro, no esplendor da estação de outono, do latim autumnus, comemore as bibliotecas escolares! Estamos no «outono / empoleirado num ramo seco / um corvo», expresso neste belo haiku do poeta Matsuo Bashô (1644-1694).

Em Portugal, o Dia da Biblioteca Escolar é assinalado na quarta segunda-feira de outubro, este ano, dia 28, mas em todo o mundo, e segundo a proposta da International Association of School Librarianship (IASL), o mesmo pode ser comemorado durante um dia, uma semana ou mesmo durante o mês de outubro.

O tema proposto este ano pela IASL para a comemoração do International School Library Month (ISLM) é “Let’s Imagine” – “Vamos Imaginar”e baseia-se no mote principal da Conferência Anual da IASL, intitulada, Convergence, Empowering, Transformation: School Libraries”, a realizar entre os dias 21 e 25 de outubro, em Dubrovnik, Croácia ( http://www.iasl2019.hr/ ).

A equipa responsável pela comemoração da IASL, presidida por Breege O’Brien (Irlanda), e pelos restantes membros, Sunita Malekar (Índia), Hosea Tokwe (Zimbabwe), Chhavi Jain (Índia),  Abha Singh (Índia) Ms. Ramandeep (Índia) Seema Satti (Índia) e Inez Kinanthi (Indonésia), convidam todos, membros e não membros, a pensar e celebrar a ligação entre os livros, a leitura, as bibliotecas escolares e a imaginação. A todos fica o convite de partilhar ideias e a imaginação através do email: celebrateschoollibraries@gmail.com.

Chhavi Jain, responsável pelo design do marcador de livros e cartaz do International School Library Month (ISLM) deste ano, da IASL, deixa-nos esta citação para imaginar: «padrões caleidoscópio são infinitos e dão asas à imaginação. Cada padrão é diferente e as crianças podem imaginar um número de coisas com esses padrões. Neste padrão eu posso imaginar livros em todas as quatro direções, e as crianças com livros. Cada padrão pode definir uma história… ».

Poster do International School Library Month (ISLM) 2019, da International Association of School Librarianship (IASL). Design e criação de Chhavi Jain.

 

Numa sociedade mundial em constante transformação física, digital e ambiental, as bibliotecas escolares transformam a aprendizagem e, como «coração das escolas», devem dar cada vez mais, asas à imaginação. As asas devem sobrevoar as áreas da literacia da leitura, literacia da informação, literacia digital e literacia dos media, a fim de contribuírem para a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os 17 objetivos para transformar o mundo, das Nações Unidas.

Independentemente da tipologia de biblioteca em que trabalhamos, findo com uma frase de D. José Tolentino Mendonça, poeta, responsável pela Biblioteca e Arquivo da Santa Sé, futuro cardeal em outubro – mês das bibliotecas escolares e em pleno outono, que nos dá asas à imaginação: «trabalhar numa biblioteca é projetar o futuro».

AutorAna Margarida da Costa

 

ReferênciaComemore as bibliotecas escolares em outubro! “Vamos Imaginar” em 2019. (2019). Bad.pt. Retrieved 18 September 2019, from https://www.bad.pt/noticia/2019/09/16/comemore-as-bibliotecas-escolares-em-outubro-vamos-imaginar-em-2019/

Autoria e outros dados (tags, etc)

josé régio.png

Entre Deus e o Diabo

"Poemas de Deus e do Diabo" é o primeiro título assinado com o nome de José Régio, deixando o verdadeiro nome de batismo, José Maria dos Reis Pereira, entregue à mundanidade que a sua literatura ultrapassou, fixando-se como um marco de relevo.

A tese de licenciatura “As Correntes e as Individualidades na Moderna Poesia Portuguesa” relevava nomes praticamente desconhecidos à altura, como o de Fernando Pessoa ou o de Mário de Sá-Carneiro e a sua publicação dá-se apenas em 1941 sob o título de “Pequena História da Moderna Poesia Portuguesa”.

A atividade literária de registo inicia-se com “Poemas de Deus e do Diabo”, em 1925. Funda, juntamente com Branquinho da Fonseca e João Gaspar Simões, a revista Presença, marco do segundo modernismo português. Multiplica o nome em jornais e revistas, começa a lecionar Português e Francês num liceu do Porto e, em 1928, ruma a Portalegre, onde reside por quase quarenta anos, aí existindo, no edifício onde habitou, uma Casa Museu.

Na sua obra, assume relevo a reflexão sobre os conflitos surgidos entre Deus e o Homem, entre o indivíduo e o mundo em que se insere, coletivamente. Essa reflexão proporciona-lhe uma, por vezes dolorosa, auto-análise, que regista em literatura num tom misticista, escrevendo sobre a problemática da solidão e da complexidade das relações humanas. O seu talento estendia-se também ao gosto pelas artes plásticas, o que o levou a ilustrar os seus livros.

Recebeu, em 1970, o Prémio Nacional de Poesia. Também a sua casa de Vila do Conde, para onde foi após a reforma, figura hoje ainda como Casa Museu.

 

ReferênciaJosé Régio, entre Deus e o Diabo. (2019). José Régio, entre Deus e o Diabo. Retrieved 17 September 2019, from http://ensina.rtp.pt/artigo/jose-regio/

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Margarita Salas e María Blasco | cientistas

Um cientista nasce ou é formado? As bioquímicas Margarita Salas e María Blasco contam que a sua vocação surgiu de professores inspiradores que mudaram as suas vidas.

(...)

 

Referência“Una sociedad científica será una sociedad más libre”. (2019). BBVA Aprendemos juntos. Retrieved 17 September 2019, from https://aprendemosjuntos.elpais.com/especial/una-sociedad-cientifica-sera-una-sociedad-mas-libre-margarita-salas-maria-blasco/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

cartaxo.jpg

Decorreu, no passado dia 10 de setembro, no auditório da Quinta das Pratas no Cartaxo, a cerimónia de assinatura do protocolo da Rede Concelhia de Bibliotecas do Cartaxo que contou com a presença do Senhor Presidente da Câmara do Cartaxo, Vereadora da Educação, Diretor do AE D. Sancho I de Pontével, Subdiretor do AE Marcelino Mesquita do Cartaxo, Coordenadora Interconcelhia e professores bibliotecários.

Este é um grupo de trabalho que, no contexto da Escola atual, tem desenvolvido um trabalho em rede, implicado não apenas na organização e gestão das BE, mas também, na mudança das práticas educativas, no suporte às aprendizagens, no desenvolvimento das literacias, na formação de leitores críticos e na construção da cidadania.

Fica o testemunho!

A Coordenadora Interconcelhia
Filomena Rúbio

Autoria e outros dados (tags, etc)

PNL2019_BannerSitePNL_72dpis.jpg

Programa | Oradores | Inscrição |

A terceira conferência do PNL2027 é dedicada ao elogio da leitura como forma de enaltecimento do lugar que esta mantém no nosso tempo e da consciência do seu papel em benefício das sociedades.

A leitura, na sua multifuncionalidade, é o principal instrumento de acesso à aprendizagem e ao conhecimento, de domínio sobre a informação e a comunicação, de compromisso ético e cívico, de afirmação da liberdade e dignidade humanas.

Leitura e escrita são a base fundacional de todas as literacias e a condição primeira para um juízo compreensivo e crítico, o enriquecimento cultural, a formação estética e a memória individual e coletiva.  Sem a palavra não existe história nem a ideia de humanidade, a linguagem e o pensamento ficam cerceados e a consciência de si e do mundo diminuída.

Numa sociedade em acelerada e profunda mudança, única na história da humanidade, com grandes oportunidades e desafios, mas também com inúmeros riscos e bloqueios, faz cada vez mais sentido evocar o valor da leitura, refletindo sobre ele a partir do olhar de diferentes políticas públicas e do ponto de vista das diferentes literacias.

 

Referência: 2027, P. (2019). Plano Nacional de Leitura 2027Pnl2027.gov.pt. Retrieved 14 September 2019, from http://pnl2027.gov.pt/np4/confpnl2019.html

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

magalhaes.png

Home page |

MENU:
CIRCUM-NAVEGAÇÃO
SOBRE MAGALHÃES
MAGALHÃES E O PLANETA
ESTRUTURA DE MISSÃO
PROGRAMA | doc .pdf

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Reconhecendo o papel fundamental que a educação escolar desempenha na preparação dos jovens para um mundo impulsionado pela tecnologia, este relatório lança luz sobre duas perspectivas diferentes, porém complementares, da educação digital: o desenvolvimento de competências digitais relevantes para alunos e professores, por um lado, e o uso pedagógico das tecnologias para apoiar, melhorar e transformar a aprendizagem e o ensino, por outro.

O relatório fornece indicadores sobre o desenvolvimento da competência digital dos alunos por meio de currículos escolares e das competências digitais específicas para professores, a avaliação das competências digitais dos alunos e o uso de tecnologia para a avaliação em geral e, finalmente, sobre as abordagens estratégicas da educação e educação digitais e especificamente sobre as políticas de apoio às escolas nestas matérias.

Embora os quatro capítulos principais forneçam aos formuladores de políticas, pesquisadores e à comunidade educativa informações comparativas sobre as políticas atuais de educação digital escolar na Europa, os anexos acrescentam informações específicas por país, currículo escolar, estruturas de competência de professores, estratégias...

 

ReferênciaDigital Education at School in Europe - Eurydice - European Commission. (2019). Eurydice - European Commission. Retrieved 13 September 2019, from https://eacea.ec.europa.eu/national-policies/eurydice/content/digital-education-school-europe_en

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

folio

V Seminário FOLIO EDUCA 12 e 13 de Outubro de 2019, Óbidos

Inscrições | Blog |

 

V Seminário Internacional Folio Educa


O TEMPO E O MEDO. LEITURA, LITERATURA, EDUCAÇÃO E BIBLIOTECAS
O Tempo e o Medo. Pensar adiante em tempos duros, por futuros mais brilhante para todos, sobre educação, leitura, literacia, literatura, bibliotecas, escolas.
Time and Fear. Thinking further on education, reading, literacy, literature, schools, libraries, facing hard times for brighter futures for all.
Formação creditada. Formadores: José Saro, Lucília Santos, Maria José Vitorino (Laredo Associação Cultural)

PROGRAMA

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cartaz com programa Theka 2019 V6 12092019.jpg

Inscrições | Facebook |

 
Vai realizar-se um encontro de memória e reflexão sobre o "THEKA, Projeto Gulbenkian de Formação de Professores para o Desenvolvimento de Bibliotecas Escolares", que juntará profissionais ligados à bibliotecomomia de todo o país, esta será uma ocasião para se pensarem projetos atuais e futuros de Leitura, da Formação e das Bibliotecas.
 

O Seminário será em Lamego, nos próximos dias 20 e 21 de setembro de 2019, sexta e sábado, com programa extra no domingo, tendo a autarquia disponibilizado o maravilhoso Teatro Ribeiro Conceição para nos acolher, bem como apoio em 2 visitas culturais integradas no programa. Em homenagem ao cidadão Ribeiro Conceição, emigrante para o Brasil que tornou a Lamego e construiu o Teatro, e a tantos outros beneméritos da nossa História comum, demos-lhe o título de THEKA TORNA-VIAGEM.

O encontro será creditado como Seminário, com o apoio do Centro de Formação  CEFOP-LART com o registo CCPFC/ACC-104271/19.

Siga o evento no grupo https://www.facebook.com/groups/284491598815334/

Autoria e outros dados (tags, etc)

Deixas que a carteira te consuma ou consomes com cabeça?
Esta é a proposta da Rádio Miúdos para o ano letivo 2019/2020.
A ideia é discutir o que consumimos e porque consumimos e apontar caminhos para um consumismo consciente.
CONSUMIR COM CABEÇA é um concurso para os alunos do 3º ciclo do ensino básico de todas as escolas que falem português/do país e ilhas.

Podem participar realizando um spot de rádio, com um mínimo de 30 segundos e até 5 minutos.
As inscrições estão já abertas para as escolas até 3 de novembro de 2019.
Depois haverá uma seleção dos 2 melhores trabalhos por região do país, por um júri constituído por representantes da Rádio Miúdos, da Rede de Bibliotecas Escolares e da Direção-Geral do Consumidor.
A partir de 6 de janeiro de 2020 a Rádio Miúdos transmite em directo de 2 escolas da região, o concurso CONSUMIR COM CABEÇA, um programa de rádio onde as equipas vão ter que defender as suas ideias e responder a desafios.

No dia 24 de abril de 2020 as equipas vencedoras realizam em direto nos estúdios da Rádio Miúdos as finais onde serão apurados os vencedores.

CONSUMIR COM CABEÇA é um torneio radiofónico da Rádio Miúdos, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares e com o apoio do Fundo para a Promoção dos Direitos dos Consumidores.

Pretende-se dinamizar a discussão sobre consumos conscientes e sustentáveis entre os jovens.
Encontrar uma linguagem ativa para que os miúdos possam intervir individual e coletivamente de uma forma mais crítica ao que consomem.

O regulamento está disponível aqui.
Imagens do concurso disponíveis aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor