Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



abrantes.jpg

por Bruno Vieira Amaral

Chegados à Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, caminhamos até à estrebaria. Uma rapariga escova o dorso de um cavalo. Cuida dele. Sílvia diz-me que estão muito ligadas aos animais. São imponentes, os cavalos. Portentosos. Ameaçadores. É natural a ligação entre as raparigas e os animais. O que se estabelece entre ambos não é uma relação de poder ou subjugação, mas uma cumplicidade até à união total em que o homem domina sem se impor e o cavalo obedece sem se sujeitar. A rapariga, bela como toda a juventude que se ignora, dá-me um pedaço de cenoura para que o cavalo venha comer à minha mão. É isso que ele faz. Por momentos, também participo nessa união, deixo de estar arredado desse grande convívio. Penso no conto de Leopoldo Lugones, "Os Cavalos de Abdera" e o que até hoje li como uma alegoria ou uma fábula, parece-me subitamente mais realista do que nunca. Nos seu movimentos cuidadosos, nos seus olhares um tanto abstraídos de tudo o que existe e não é cavalo, as raparigas dizem-me que a uni-las aos animais há algo mais profundo e decisivo do que aquilo que as liga aos outros humanos. Tenho a impressão justa e pavorosa, de que seriam capazes de sacrificar qualquer um de nós - desde logo a mim, forasteiro acabado de chegar, intruso nos seus domínios - para salvarem os seus belos cavalos. E isso, como tudo o que é que é terrível, também é belo.

 

Entrevista com os alunos junto aos respetivos cavalos. Cada aluno tem o seu cavalo pelo qual é responsável.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes | escolas improváveis

Uma publicação partilhada por Rede de Bibliotecas Escolares (@rbe_pt) a

 

A Biblioteca Escolar

A EPDRA integra a rede de bibliotecas escolares do Ministério da Educação. O projeto consistiu na renovação do espaço, do equipamento da biblioteca e na aquisição de novos livros e outros recursos.

 

A Biblioteca situada no Centro Escolar pretende servir da melhor forma a comunidade educativa. Está aberta durante o dia em horário normal de funcionamento de aulas, consoante a disponibilidade dos docentes que compõem a equipa. À tarde em horário fixo, de domingo a 5ª feira das 18h30 às 22horas, com um pequeno intervalo para o jantar.

 

É um espaço agradável de encontro, estudo e partilha de leituras e amizades onde se pode encontrar audiovisuais, computadores, livros das áreas técnicas dos cursos que a escola disponibiliza e literatura em geral para ser consultada/requisitada. Para quem preferir ler de forma digital, só necessita requisitar um dos ereaders que existem para o efeito.

 

Às quartas-feiras das 10 às 12 horas a Biblioteca desloca-se para a Herdade e ganha cor e cheiro verde, para que os alunos possam também lá fazer as suas requisições e fazer os seus pedidos para a semana seguinte.

 

 

***

 

Nesta Escola os alunos aprendem a fazer vinho e cerveja artesanal de qualidade. Aqui fica a descrição do processo, feita na Adega, pelo prof. Paulo Vicente:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

Blanca Portillo - Atriz

 

 

ReferênciaEl teatro nos enseña que equivocarse no es un drama. (2019). BBVA Aprendemos Juntos. Retrieved 16 May 2019, from https://aprendemosjuntos.elpais.com/especial/hablar-en-publico-es-un-acto-de-generosidad-blanca-portillo/

Autoria e outros dados (tags, etc)

coloquios da cereja_cartaz_2019-1.jpg

Inscrição | Programa |

 

Evento bienal, assente na problemática da Educação em Portugal, realizado pelo Centro de Formação da Associação de Escolas da Beira Interior, em colaboração com a Câmara Municipal do Fundão, a Universidade da Beira Interior e a Rede Bibliotecas Escolares.

 

31 de maio e 1 de junho de 2019.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

com Cristóbal Cobo Romani.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cartaz A3 RODA Final.jpg

Programa | Flyer |

 

16 de Maio de 2019 Casa das Artes / Biblioteca Municipal Tomás de Figueiredo Arcos de Valdevez.

Inscrições em: www.cenfipe.edu.pt/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

bigdata.png

Pombo, Cristina; Martínez Cortés, Cynthia. "Miranda Ventura e o Big Data". Madrid: BID, 2019
 
 
Texto completo
 
 
Cada vez mais, atores públicos e privados estão a considerar como dimensionar o seu impacto com o uso da tecnologia. Ao mesmo tempo, o uso e a gestão de dados pessoais de milhões de pessoas preocupam os cidadãos e há um senso de urgência sobre a necessidade de proteger a segurança e a privacidade dos dados usados. 
 
Que medidas podem ser tomadas e qual é o risco de não as tomar? Como é que o setor público pode gerir os dados de forma responsável? 
 
Este documento oferece quadros de referência sobre a gestão ética dos dados e sobre a importância do consentimento, um compêndio de melhores práticas e um roteiro com passos concretos para a gestão responsável de dados pelo setor público.
 
Visto aqui.
 
 
Conteúdo relacionado:
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

O currículo local: ponto de partida para novas aprendizagens? pelo professor António Camões Gouveia.

 

 

Evento con.Raízes. 2.ª edição. Dia 11 de maio de 2019. Conferência de abertura.

 

O con.Raízes é um projeto dos professores bibliotecários da Rede Interconcelhia de Alter do Chão, Castelo de Vide, Crato, Gavião, Nisa, Marvão e Ponte de Sor que visa promover o conhecimento, a partilha e a divulgação das diferentes manifestações culturais dos seus concelhos.

 

Esta segunda edição do encontro con.Raízes teve lugar no concelho do Crato, nos dias 10 e 11 de maio de 2019

 

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

eça.jpg

Giuliano Lellis Ito Santos; Luciene Marie Pavanelo; Hélder Garmes (Orgs.)

O livro que temos em mãos é fruto do trabalho de dois anos de discussões em torno de O primo Basílio, de Eça de Queirós, promovidas pelo Grupo Eça, registrado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.

 

Quando éramos cinco ou seis participantes e nos juntávamos, em 2003, para discutir a fortuna crítica do escritor português numa pequena sala do prédio da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), não imaginávamos que um dia nomes como os de Carlos Reis e Isabel Pires de Lima, que eram, e são, leitura essencial para os debates do Grupo, teriam interesse em participariam de nossas atividades e constar em nossas ainda nem imaginadas publicações.

 

Desde 2003, o Grupo aumentou o número de participantes, primeiro entre os alunos de graduação e pós-graduação da Universidade de São Paulo, por volta de 2010, depois com a participação de professores e pesquisadores de outras universidades brasileiras, em meados de 2013. Nessa altura, organizamos de forma digital o primeiro livro do grupo, publicado em 2015 com o título A obra de Eça de Queirós por leitores brasileiros, reunindo ensaios diversos de autoria de seus integrantes. O ano de 2016 marcou a internacionalização do Grupo, que passou a contar com a colaboração de pesquisadores de outros países.

 

ISBN: 978-85-5696-585-1

Nº de pág.: 499

 

Download 

 

Referência: (2019). Editorafi.org. Retrieved 8 May 2019, from https://www.editorafi.org/585primobasilio

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

ministro.jpg

 

O ministro da Educação português destacou hoje, na cidade da Praia, o papel da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura (PNL) na diminuição do abandono escolar e da retenção e no aumento do sucesso escolar.

 

Tiago Brandão Rodrigues falava aos jornalistas no final da cerimónia de assinatura da declaração de intenções conjunta relativa à implementação da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e do PNL de Cabo Verde, que decorreu no Palácio do Governo, na Praia, capital cabo-verdiana.

 

O ministro, que na terça-feira participa na sessão de encerramento do primeiro encontro anual das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (EPE), nesta cidade, transmitiu à sua homóloga cabo-verdiana e ao ministro da Cultura e das Indústrias Criativas a "vontade de continuar a cooperar como até aqui".

 

Nesse sentido, enalteceu o papel da RBE, que cumpre 23 anos em Portugal, e do PNL, que já vai no 13.º aniversário.

 

Estes dois "instrumentos de política pública absolutamente fundamentais", como classificou Tiago Brandão Rodrigues, estão a dar os primeiros passos em Cabo Verde, país que conta já com nove bibliotecas em nove municípios da ilha de Santiago, com o apoio da cooperação portuguesa, e deverá chegar em breve às ilhas do Fogo e da Brava.

 

A RBE e o PNL "têm sido instrumentos de política pública absolutamente fundamentais para que os níveis de leitura tenham aumentado e que o combate ao abandono escolar se dê com outra robustez", considerou.

 

"[Através destes programas] diminuímos o abandono escolar, diminuímos a retenção e aumentámos o sucesso escolar e, neste trabalho conjunto, Portugal mostra a vontade de continuar a cooperar como temos feito até aqui", prosseguiu o governante português.

 

É precisamente o legado de 23 anos de RBE e de 13 anos do PNL que o ministro quer partilhar com Cabo Verde.

 

"Este legado ensina-nos como fazer melhor, eventualmente a não cometer erros que possamos ter feito e é nessa parceria que acreditamos que Cabo Verde vai aumentar e melhorar as bibliotecas que já tem", declarou.

 

A ministra da Educação, Família e Inclusão Social cabo-verdiana, Maritza Rosabal, referiu que este memorando de entendimento hoje assinado entre os dois países "vem dar uma nova fase ao projeto".

 

"Até agora estávamos muito voltados para a montagem das bibliotecas, coisas muito práticas. Hoje estamos num outro patamar, de reforço de competências", assegurou.

 

 

 

 

Referência: Ministro da Educação português enaltece em Cabo Verde as bibliotecas e a leitura . (2019). DN. Retrieved 8 May 2019, from https://www.dn.pt/lusa/interior/ministro-da-educacao-portugues-enaltece-em-cabo-verde-as-bibliotecas-e-a-leitura--10868001.html

 
Conteúdo relacionado:
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

decreto.png

Download |

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor